Fale conosco

Confira abaixo os telefones para contato:
Matriz - São Paulo (11) 2404-6966
Filial - Manaus (92) 3627-3500

Demais Filiais

Dicas

Saiba um pouco mais sobre alguns procedimentos específicos das áreas de Transporte e Logística.

Área de Expedição

Próxima das rampas/plataformas de carregamento dos armazéns, a área de Expedição destina-se a tornar mais rápidas as operações de carregamento, servindo de espaço para conferência, separação e embarque de mercadorias.

Área de Quebra

Normalmente localizada próxima à entrada dos armazéns a área de Quebra é um espaço onde os produtos são embalados, desembalados, separados e classificados.

Cavalo Mecânico

Formado pela cabine motor e rodas de tração do caminhão, o cavalo mecânico é engatado em carretas e semi-reboques.

Cláusula CIF

A cláusula CIF - Cost, Insurance and Freight (custo, seguro e frete) visa cobrir todos os custos do transporte, desde o embarque até a entrega ao destinatário. Neste caso o frete fica por conta do vendedor.

Cláusula FCA

Através da Cláusula FCA – Free Carrier (transportador livre) o vendedor fica isento de quaisquer responsabilidades sobre a mercadoria a partir da entrega ao transportador ou ao agente indicado pelo comprador.

Cláusula FOB

Pela cláusula FOB – Free on Board (sem custo para embarque) a mercadoria é transportada por uma empresa indicada pelo comprador, que se responsabiliza por todas as despesas de frete.

Comboio

Prática geralmente utilizada para o aumento da segurança, no comboio um grupo de veículos trafega junto para um mesmo destino.

Conhecimento de Transporte Rodoviário de Carga

O CTRC – Conhecimento de Transporte Rodoviário de Carga é um documento fiscal obrigatório emitido pela transportadora imediatamente após a carga ser coletada. Considerado o principal documento, garante todos os direitos do remetente e do destinatário e é utilizado para acompanhar a carga durante o transporte, funcionando como comprovante de entrega e para faturamento e cobrança do serviço.

Constam os seguintes dados no formulário do CTRC: nome e endereço do remetente e do destinatário; características dos volumes transportados, como quantidade, espécie e peso total; informações sobre valor da mercadoria, local da entrega e número das notas fiscais (isso porque pode englobar várias notas fiscais de produtos transportados para o mesmo destinatário, quando o remetente for o mesmo); informações sobre o valor

do frete (preço do serviço cobrado pela empresa para transportar e entregar a mercadoria), ou seja, dados sobre o frete pago pelo remetente (CIF) ou a ser pago pelo destinatário (FOB) e campo de assinatura do destinatário, confirmando o recebimento da mercadoria.

Estocagem

O estoque faz parte do fluxo de materiais durante o processo da armazenagem.

GPS

Global Positioning System (sistema de posicionamento global) consiste em um conjunto de 24 satélites, desenvolvido pelas forças armadas dos Estados Unidos, que percorre a órbita do planeta Terra a cada 12 horas e permite a localização geográfica de qualquer objeto com precisão de cerca de 10 metros.

ISO

Criada em 1947, em Genebra, na Suíça, a ISO – International Organization for Standardization é uma entidade internacional cuja função é promover a normatização de produtos e serviços com o objetivo de aprimorar constantemente o sistema de gestão da qualidade. A certificação dos processos através da ISO confere à empresa maior organização, produtividade e credibilidade, aumentando sua competitividade nos mercados nacional e internacional.

ISO 9000 – ISO 9001:2008

O conjunto de normas da ISO 9001 estabelece requisitos que permitem a melhoria de processos internos, maior capacitação dos colaboradores, níveis de satisfação dos clientes, funcionários e fornecedores e acompanhamento dos processos de produção, sempre focando a melhoria da qualidade do processo produtivo ou do serviço.

A versão 9001:2008 demanda o envolvimento da gestão para promover a integração da qualidade no processo administrativo da organização, determinando um responsável pelas iniciativas que envolvam qualidade. A principal característica desta norma é o foco no cliente que passa a ser considerado um fator integrante da cadeia produtiva.

Manifesto

O Manifesto de Carga é o documento emitido pelo transportador contendo os números de todos os CTRCs que estão sendo transportados. Seu preenchimento obedece às exigências do artigo 167 da Lei 6.374/89 do RICMS 00.

Nota Fiscal Eletrônica

Documento emitido e armazenado eletronicamente é validado juridicamente através da assinatura digital do emitente e a autorização do uso fornecida pela administração tributária do domicílio do contribuinte.  É uma ferramenta que aumenta a segurança do processo de transporte, evitando os desvios de carga e sonegação fiscal.

Ordem de Coleta de Carga

Documento fiscal emitido pelo transportador responsável pela execução dos serviços, com endereço do remetente, dados da carga, motorista, chapa do veículo e campos destinados à assinatura do motorista e do destinatário, além do carimbo da empresa de destino, com data e hora da coleta.

PIN

Protocolo de Ingresso de Mercadoria Nacional faz parte de um conjunto de novos procedimentos instituído através da Portaria nº 529, de 28 de Novembro de 2.006, cuja fiscalização é de responsabilidade da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa), autarquia vinculada ao Ministério de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior.

De acordo com a legislação toda mercadoria enviada para a Zona Franca de Manaus, Áreas de Livre Comércio e as cidades da Amazônia Ocidental (Estados do AM, AC, RO, RR e cidades de Macapá e Santana, no AP) está sujeita ao controle e fiscalização da Suframa.

O transporte de produtos para estas localidades deve obedecer a alguns procedimentos: A transmissão prévia dos dados dos documentos fiscais, através do Sistema de Controle de Mercadoria Nacional (Sinal), da Suframa; a geração de um Protocolo de Ingresso de Mercadoria Nacional, o PIN; apresentação de três vias do PIN, 1ª e 5ª vias da nota fiscal e duas vias do conhecimento de transporte para fins de recepção, conferência documental prévia e vistoria física da mercadoria ingressada; autenticação ou chancela do PIN pela Suframa; análise e conferência documental complementar para verificação e validação dos dados transmitidos pela Internet, via Sinal, com a documentação física mencionada no inciso III, da referida legislação; cruzamento de informações e verificação de dados com órgãos fiscais, no caso em que se aplicar e emissão de comprovação do ingresso da mercadoria.

Redespacho

É a contratação de uma empresa de transporte, por uma empresa transportadora, para complementar um trajeto que não seja atendido por ela.




Costeira · Todos os direitos reservados · Copyright © 2012 Interaktiv